Sedeme recebe lideranças de São Geraldo

 

O secretário estadual de Desenvolvimento Econômico, Mineração e Energia (Sedeme), Adnan Demachki, recebeu na tarde de terça-feira (30) e na manhã de quarta (31), o prefeito de São Geraldo do Araguaia, Edilson Pereira de Carvalho, a deputada estadual Eliane Lima e várias outras lideranças do município.

Na terça-feira, a reunião foi com a deputada Eliane e comitiva, que pediram a Adnan Demachki a instalação de uma linha de energia elétrica ligando o município à comunidade de Sucupira.

O secretário garantiu a implantação da linha (cerca de quinze quilômetros), cuja energia, além das famílias de Sucupira, atenderá a demandas de variadas produções artesanais e de agricultura familiar, e também viabilizará ações de incentivo ao turismo.

O titular da Sedeme também informou que, no dia 20 de novembro passado, foi assinado Protocolo de Intenções entre o Governo do Estado e a Calmap Indústria de Calcário LTDA, para a construção de uma indústria de calcário num prazo de dois anos.

No Protocolo, a Calmap se compromete a implantar um parque industrial moderno para produzir calcário para uso na agricultura e brita calcária para utilização em siderurgia.

Adnan Demachki explicou que a ação se dá no âmbito do Pará 2030, programa de desenvolvimento do governo do Estado que prevê a verticalização da produção em quatorze cadeias produtivas, entre as quais a do açaí e a da mineração. As ações vão dos incentivos fiscais à formação de mão-de-obra local.

Participaram da reunião, além de Adnan Demachki e de Eliane Lima, os diretores de Indústria (Sérgio Menezes) e de Energia (Alfredo Barros) da Sedeme; a vereadora Felinha, de São Geraldo; pastor Naftali, presidente regional da Assembleia de Deus do Sudeste do Pará; Rose Resolandes, líder comunitária; e Rauam Queiroz, assessor da deputada.

FRIGORÍFICO

Na manhã desta quarta-feira, o secretário Adnan recebeu o prefeito de São Geraldo, Edilson Pereira de Carvalho, acompanhado por assessores e vereadores daquele município.

O prefeito agradeceu ao governo do Estado as muitas ações que ajudam a desenvolver o município e pediu ajuda a Adnan Demachki para solucionar um grave problema em São Geraldo, envolvendo energia elétrica.

“O frigorífico que é um dos principais empregadores do município, o Masterboi, enfrenta problemas permanentes com a energia elétrica fornecida pela Celpa”, disse o prefeito. “Inclusive corre o risco de encerrar as atividades, por causa disso, o que seria desastroso para a economia da cidade.”

Adnan Demachki lembrou que entregara, pessoalmente, dois anos atrás, a licença ambiental para o funcionamento do Masterboi e agora envidaria todos os esforços para garantir a operação do frigorífico.

O titular da Sedeme, imediatamente, acionou o diretor de Energia da secretaria, Alfredo Barros, para acompanhar o prefeito e a comitiva de São Geraldo a uma reunião com o presidente da Celpa, Nonato Castro, que acontecerá amanhã (primeiro de fevereiro) em Belém.

“Não tenho dúvidas de que o problema será resolvido e São Geraldo continuará a se desenvolver, com a ajuda direta do governo do Estado”, garantiu o secretário.

O Prefeito Edilson também reivindicou energia para a comunidade de Sucupira, e teve confirmado o pleito pelo secretário Adnan.

FERROVIA

Ao prefeito e comitiva, Adnan Demachki também atualizou as informações sobre a Ferrovia Paraense, “que já tem nove acordos de compromisso de transporte de carga, inclusive da União Nacional das Exportadoras de Carne, que vai usar a ferrovia para exportar 60 mil toneladas por ano”.

A ferrovia, de 1.312 quilômetros, passará perto de São Geraldo, atravessará 23 municípios, até o porto de Barcarena, beneficiando várias regiões e a logística do Brasil como um todo (parte dos grãos produzidos no Sudeste, por exemplo, será escoada pelo porto paraense, o mais próximo de importantes mercados, como China, Europa e Estados Unidos).

Uma empresa espanhola e outra chinesa já demonstraram interesse no projeto, que também tem o aval e o incentivo do BNDES.

O Estudo de Viabilidade Técnica, Econômica e Ambiental (EVTEA) da ferrovia já foi aprovado e o Licenciamento Ambiental está em fase final de avaliação pela SEMAS.

O prefeito Edilson Carvalho se mostrou entusiasmado com a ferrovia e se colocou à disposição para participar de reuniões e de qualquer mobilização para viabilizar o projeto.