Pará teve aumento de 37,80% nas exportações em 2017

O jornal O LIBERAL noticia neste domingo, 7, que as exportações do Pará tiveram, em 2017, um aumento de 37,80% em relação ao ano anterior. Na reportagem, o secretário de Desenvolvimento Econômico do Pará, Adnan Demachki, comenta um dado relevante, o incremento de exportações de produtos do agronegócio, como soja e outros alimentos: 20,9% a mais que em 2016.

“Este aumento se deve diretamente às políticas de Estado no âmbito do programa Pará 2030, que estabelece metas e ações para o desenvolvimento sustentável da economia paraense em médio prazo”, afirma o secretário. “Algumas cadeias incentivadas pelo programa, como a da soja, já respondem positivamente às políticas implementadas’’, acrescentou.

O agronegócio contribuiu, em 2017, com 11,7% do total de exportações, lideradas pelo setor mineral. No total, foram exportadas no ano passado quase 1 milhão de toneladas de soja. Um incremento de 20% em relação ao ano anterior. “Estes dados também sinalizam ao Estado novas ações”, diz Adnan Demachki.

“Não queremos somente exportar soja. Nosso planejamento é produzir proteína animal. Transformar soja em óleo e farelo, e este em ração. Por fim, a ração será usada para produzir frangos e suínos. Já temos o compromisso de duas empresas para o início da verticalização da cadeia da soja, a Louis Dreyfus e a Cevital, que em breve serão as primeiras a agregar valor à essa produção no Pará’’, frisou o secretário.

Confira a reportagem completa na página 7 do caderno Poder, de O LIBERAL deste domingo, 7.